Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Trinta por uma linha

A importância dos faróis na nossa vida

il_570xN.234496071.jpg

 

O dicionário diz-nos que um farol é por definição “uma grande construção em que há um foco luminoso para guia noturno dos navegantes". Como todos sabemos é, portanto, algo que faz com que os barcos consigam mais facilmente navegar, evitando perder-se no seu percurso, ou então encalhar-se junto a terra.

Todavia, não é só para os domínios náuticos que os faróis são importantes. Também na nossa vida, os faróis são fundamentais. É primordial que todos nós, no nosso dia-a-dia tenhamos um farol que oriente a nossa embarcação, ou seja, o nosso viver. Metaforicamente falando, os faróis a que me refiro são os objetivos que estabelecemos para a nossa existência: uma vida financeiramente melhor, mais confortável, uma família numerosa e feliz, uma existência calma, serena e harmoniosa. Cada um sabe quais são as suas prioridades e não há que os julgar por isso. O que se torna realmente importante e que é, de facto, o cerne deste post, é a importância de estabelecermos, para nós mesmos, metas, objetivos, fins para a nossa existência. Na minha mais sincera opinião, uma pessoa sem objetivos de vida bem definidos perderá mais rapidamente o rumo da sua existência. Por outro lado, uma pessoa que saiba qual é o resultado a que quer chegar, quando se fizer a soma dos seus dias, vai, ainda que inconscientemente, canalizar alguma parte do seu cérebro para esses mesmos objetivos em todas as suas ações. Não me refiro aqui a ambições desmesuradas, a perseguições cegas de sucesso, nem outras coisas do género, esses são temas para outros dias.

Para o presente texto, apenas importa referir que é importante estruturarmos a nossa existência e canalizarmos a nossa prioridade para um ou vários objetivos. Isto porque, de uma forma equilibrada, acabaremos por viver em função deles, teremos uma razão para nos levantarmos todos os dias, teremos uma razão para avaliarmos a nossa semana no seu fim, sentiremos uma enorme satisfação quando percebermos que estamos mais perto de lá chegar ou ganharemos forças redobradas quando descobrirmos que precisamos de dar um pouco mais de nós para os atingirmos. Mas mais importante que isso tudo, teremos um motivo para lutar e para estruturar o nosso viver. 

Os objetivos que estipulamos para nós próprios são verdadeiros faróis na navegação da nossa existência. Quando andarmos por águas mais turbulentas, quando uma tempestade se aproximar e se abater sobre a nossa embarcação, teremos aquela luz, lá no fundo, que nos dirá que é naquela direção que teremos de continuar a remar, sabendo que, se lá chegarmos, sentiremos uma grande satisfação, uma enorme realização. E, além disso tudo, ganharemos novas forças para procurarmos novos faróis em novos horizontes para que a nossa viagem possa continuar, sempre no rumo certo.

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Categorias

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D