Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Trinta por uma linha

Entrevista com Salvador Sobral!

img_828x523$2017_03_07_17_23_21_42900.jpg

 

O 30 porumalinha conseguiu entrar em contacto com o homem do momento da música portuguesa e que, apesar de estar em período de recuperação e de ser constantemente requisitado, conseguiu encontrar um bocadinho para falar ao nosso blogue. Fica a conversa e a música que têm andado nos nossos ouvidos

 

Conta-nos tudo. Como tem sido a tua vida nestes últimos dias, após a tua música ter sido selecionada para representar Portugal no Festival da Eurovisão?

Salvador - A minha vida tem sido um pouco caótica visto que estou a recuperar de uma cirurgia e tive muitas entrevistas. Foi um choque de repente, mas agora está a acalmar e os concertos que tenho feito têm corrido muito bem e isso é o importante, a música.


Fazendo um pequeno rewind, conta-nos como foi o teu percurso desde a tua aparição nos ídolos em 2009, até teres decidido participar no Festival da Canção?

Salvador - Depois do programa de televisão fui para Maiorca fazer erasmus. Quando estava lá acabei por trabalhar em bares, hotéis, restaurantes, a cantar. Tinha tanto trabalho que desisti do curso. Passado um tempo decidi que queria estudar jazz e fui para Barcelona. Depois de dois anos lá a estudar e a tocar vim para Lisboa onde comecei a trabalhar no primeiro disco. Em março do ano passado lancei-o e desde então que tenho vindo a tocar ao vivo as canções do disco e tenho também participado noutros projectos.


Na tua opinião, o que é necessário para se ter sucesso no mundo da música? Uma genialidade fora do comum no que diz respeito a qualidades musicais ou uma capacidade de trabalho fora do comum?

Salvador - Algo que distinga de tudo o que já existe; Gosto e sensibilidade; Ouvir muita muita Música; trabalho; uma pitada de sorte. Acho que é isso.


Quais são as tuas referências a nível musical?
Salvador - Chet baker; Billie Holiday; Silvia Pérez Cruz; Caetano Veloso


Quais são as perspetivas para o teu futuro, qual é o teu próximo passo?
Salvador- Quero começar já a trabalhar no meu segundo disco. E continuar a participar noutros projectos.


Várias casas de apostas colocam o teu tema como um dos favoritos à vitória final no Festival da Eurovisão. Consideras que será uma noite histórica para o nosso país?
Salvador - Não sei. Farei o que faço sempre. Cantarei a canção com o intuito de transmitir emoções ao público. Se isso acontecer já será para mim uma ótima noite!

 

Obrigado pela disponibilidade, continuação de rápidas melhoras e boa sorte para o Festival da Eurovisão e para o resto da tua carreira!

 

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Categorias

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D